Spine SRS

Tartalomjegyzék

Tabela de análise do plano

SRS Prescription (controlled inhomogeneity) “Ativado, Desativado”



O software suporta dois modos de prescrição de dose. Eles diferem na homogeneidade pretendida de dose no PTV.

  1. Modo de Prescrição de SRS “Desativado”
    • Cobertura definida (p.ex., Dose (99% Vol.) = 16 Gy)
    • (Opcional) Restrição de dose máxima (p.ex., Dose (1% Vol.) ≤ 20 Gy)

    O primeiro modo (SRS Prescription (controlled inhomogeneity) “Desativado”) é usado quando uma determinada cobertura do PTV é desejada (p.ex., Dose (99% Vol.) = 16 Gy), mas a prescrição não contém uma dose máxima bem definida a ser recebida no plano de tratamento a ser criado. Pode haver uma restrição de dose máxima que não possa ser ultrapassada; entretanto, o otimizador tem a liberdade de escolher uma dose máxima que seja menor que a restrição especificada. Esse modo é usado para gerar distribuições de dose de PTV homogêneas usadas em radioterapia fracionada. Este é o único modo suportado na versão 1.0 do software.

  2. Modo de Prescrição de SRS “Ativado”
    • Cobertura definida (p.ex., Dose (99% Vol.) = 16 Gy)
    • (Obrigatório) Restrição de dose desejada (p.ex., Dose (1% Vol.) = 20 Gy)

    O segundo modo (SRS Prescription (controlled inhomogeneity) “Ativado”) é usado quando duas restrições devem ser atendidas simultaneamente, uma determinada cobertura de PTV e uma dose máxima bem definida que devem ser contempladas no plano de tratamento. Neste cenário, a dose máxima não é interpretada como uma limitação superior e sim como uma dose desejada (observação: isto não tem nada a ver com a dose desejada do iPlan RT Dose). Portanto, este modo deve ser tipicamente aplicado para gerar distribuições de dose de PTV inomogêneas usadas em radiocirurgia estereotática (SRS, daí o nome deste modo).

    Como alternativa para especificar a dose de cobertura D1 e a dose máxima D2, existe a possibilidade de especificar a inomogeneidade em termos de um percentual de linha de isodose (% IDL). Para fazer isso, insira uma dose de cobertura D1 (p.ex., 25 Gy) e o valor de %IDL P < 100% (p.ex., 83,3%). Isto configura automaticamente a dose máxima D2 como D1/P (p.ex., 30 Gy).

    O campo de edição para especificar esses valores está disponível apenas no modo Advanced Editing (veja a seguir).

Barras deslizantes



As barras deslizantes da VMAT encontram-se na tabela de análise do plano, no lado esquerdo dos layouts Overview e Gallery View.

Barra deslizante Normal Tissue Sparing

Controla a importância da preservação do tecido normal ao redor do PTV. Isso inclui os OARs, mas também se estende a todas as demais áreas fora do PTV.

Internamente, a otimização cria um “objeto anelar” que envolve (mas não inclui) o PTV. Ele tem uma espessura de 35 mm e é totalmente invisível para o usuário. O intervalo fica entre Low e High. Em todas as posições selecionáveis, o otimizador tenta reduzir a dose no tecido normal; entretanto, a redução da dose no tecido normal é diferente em cada posição. Uma maior preservação de tecido normal produz melhores (i.e., menores) valores de índice de conformidade (CI) e de índice de gradiente (GI). Todas as barras deslizantes são discretizados para permitir que os resultados da otimização possam ser melhor reproduzidos.

Barra Deslizante Modulation

A barra deslizante Modulation controla a quantidade de modulação encontrada no plano de tratamento. A Modulação é determinada pelos seguintes fatores:

  • O número de unidades monitoras

  • A variação entre as unidades monitoras dos pontos de controle de todos os arcos
  • A quantidade de movimentos da lâmina entre os pontos de controle

  • A quantidade de “movimentos” da lâmina dentro de um segmento

  • O tamanho dos segmentos (campos menores correspondem a um aumento na modulação)

A otimização tenta reduzir a quantidade de modulação, independentemente de qual posição da barra deslizante estiver em uso. Entretanto, é a barra deslizante que define a importância correspondente. O intervalo da modulação fica entre Low e High.

Configurações de Restrição: Off, Smart e Strict

As configurações de restrição Off, Smart e Strict controlam a importância de cada restrição individual do DVH.

ConfiguraçãoDescrição

Off

A posição Off da barra deslizante significa que a restrição não será considerada durante a otimização. Portanto, se todas as restrições de um determinado OAR forem configuradas como Off, o OAR será efetivamente ignorado.

Smart

  • A posição Smart da barra deslizante significa que o OAR será considerado normalmente.

  • O otimizador reconhece a restrição e penaliza quaisquer violações. Entretanto, como frequentemente existem outros objetivos de otimização trabalhando contra o cumprimento da restrição, o plano de tratamento final poderá violar uma ou mais restrições. Para aumentar o nível de importância do OAR (e, portanto, das restrições associadas a ele), use a barra deslizante Weighting do Most Important OAR, que é pré-selecionada no protocolo clínico, ou a barra deslizante Guardian de todos os OARs, exceto o Most Important OAR (veja a seguir).

Strict

  • A posição Strict da barra deslizante significa que a restrição receberá uma importância muito elevada.

  • Se a restrição for violada durante a otimização, o otimizador move o objetivo atrás da restrição para um valor de dose menor. Por exemplo, se uma restrição for configurada como Strict para 12 Gy e a restrição for violada, o otimizador ajustará seu objetivo para um valor menor (p.ex., 10 Gy), mantendo a restrição em 12 Gy. Esse procedimento aumenta o termo que penaliza a violação dessa restrição e, desse modo, aumenta sua importância de maneira efetiva. Portanto, o otimizador trabalha duro para atender a restrição. Porém, ainda há casos em que outras partes da função do objetivo vencem.

Guardian

Define a importância do OAR em relação a todos os demais OARs e alvos.

Essa barra deslizante não existe para o Most Important OAR, pois sua funcionalidade é contida na barra deslizante Weighting (veja a seguir), que faz o mesmo para o Most Important OAR (e mais).

Weighting

Controla o ajuste entre o PTV e o OAR, ajustando os seguintes pontos:

  • A importância dos alvos (PTV e boost) versus todos os OARs. A posição da extremidade esquerda da barra deslizante (Target) significa mais peso para os alvos (PTV e boost).
  • A barra deslizante Guardian do Most Important OAR. A posição da extremidade direita da barra deslizante (OAR) significa mais peso para o Most Important OAR
  • Apenas no modo de prescrição de SRS “Desativado”:
    • A importância de cumprir a Maximum Dose Constraint para os alvos (a posição esquerda da barra deslizante significa mais peso para Maximum Dose Constraint)
    • A importância de ter uma dose homogênea nos alvos (a posição esquerda da barra deslizante significa mais peso para uma dose homogênea)
  • Redução do volume de cobertura do PTV em caso de violação de uma restrição do Most Important OAR. A posição da extremidade direita da barra deslizante significa um volume de cobertura de PTV mais flexível (i.e., um desvio maior em relação ao volume de cobertura desejado em caso de necessidade de atender uma restrição rígida para o Most Important OAR). Consulte a próxima seção sobre o “Halo” para obter uma explicação sobre o uso do mecanismo de redução do volume de cobertura do PTV para encontrar a melhor solução entre cobertura do PTV e preservação do OAR.
A posição da extremidade esquerda da barra deslizante (Target) é especial, no sentido em que ela:

  • Desativa a possibilidade de qualquer restrição rígida no Most Important OAR.

  • Desativa a redução do volume de cobertura do PTV. Portanto, isso garante que o volume

    de cobertura desejado seja atendido.

Indicadores coloridos

PTV

  • Cobertura:
    • Volume em “Dose de Cobertura” acima de “Volume Desejado”: verde
    • Volume em “Dose de Cobertura” abaixo de “Volume Desejado”, mas acima de “Volume Tolerado”: amarelo
    • Volume em “Dose de Cobertura” abaixo de “Volume Desejado” e abaixo de “Volume Tolerado”: vermelho
  • Maximum Dose Constraint no modo Prescrição de SRS “desativado”:
    • Dose abaixo de “Dose de Restrição de Dose Máxima”: verde
    • Dose acima de “Dose de Restrição de Dose Máxima”, desvio de dose relativo abaixo de “Desvio de Dose Tolerado para a Restrição de Dose Máxima”: amarelo
    • Dose acima de “Dose de Restrição de Dose Máxima”, desvio de dose relativo acima de “Desvio de Dose Tolerado para a Restrição de Dose Máxima”: vermelho
  • Desired Dose Constraint no modo de Prescrição de SRS “ativado”:
    • Desvio de dose relativo abaixo de “Desvio de Dose Tolerado para a Restrição de Dose Máxima”: verde
    • Desvio de dose relativo acima de “Desvio de Dose Tolerado para a Restrição de Dose Máxima”: vermelho

OAR

  • Restrição:
    • Dose abaixo de “Dose de Restrição”: verde
    • Dose acima de “Dose de Restrição”, desvio de dose relativo abaixo de “Desvio de Dose Tolerado”: amarelo
    • Dose acima de “Dose de Restrição”, desvio de dose relativo acima de “Desvio de Dose Tolerado”: vermelho

Edição avançada “ativada”, “desativada”



O modo Advanced Editing é desativado (“off”) por padrão. Esse modo permite a seleção de um protocolo e uma configuração de arco e a modificação de todas as posições das barras deslizantes. Em geral isso é suficiente para criar planos de tratamento de alta qualidade para a maioria dos pacientes.

Para ter maior controle sobre os resultados da otimização, ative (“on”) o modo Advanced Editing. Esse modo também permite a alteração dos seguintes parâmetros:

  • Configuração do arco (ângulo da mesa, ângulo de início do gantry, ângulo de parada do gantry) na Beam’s Eye View.
  • Cobertura do PTV: volume desejado, volume tolerado, dose.
  • Restrição de dose máxima/desejada para o PTV: volume e dose.
  • Apenas no modo de Prescrição de SRS “ativado”: valor de %IDL (veja acima).
  • Objetivos de OAR definidos pelo usuário. O software diferencia restrições e objetivos. Restrições são valores clínicos usados para determinar se um OAR recebe uma dose excessiva (afetando a cor do indicador de violação). Elas são especificadas no modelo Protocol. De forma contrastante, objetivos não possuem significado clínico direto e são usados apenas para conduzir o otimizador na direção correta. Por padrão, cada restrição inserida no Protocol cria automaticamente um objetivo (na mesma dose e no mesmo volume). No modo Advanced Editing, o usuário pode alterar o valor da dose do objetivo usado durante a otimização. A cor do indicador de violação de restrição ainda é determinada pela restrição original (pois isto tem um significado clínico); entretanto, o otimizador verá apenas o objetivo e agirá de acordo (maior ou menor rigidez em relação à restrição original, dependendo do valor de dose modificado).

  • Normalização em relação à restrição ou ao objetivo. Você pode clicar no valor da dose real na tabela de análise do plano para dimensionar um plano de tratamento de tal forma que a restrição correspondente seja cumprida (para PTVs e OARs).
  • Dimensionamento direto das unidades monitoras. Clique no número de unidades monitoras na tabela de análise do plano para inserir um fator de dimensionamento (em percentual) que pode ser aplicado a um plano de tratamento.
Art. Nº: 60919-40BP

A kibocsájtás napja: 2019-03-14